Van Gogh Mile App: um passeio com o artista por Amsterdã

O Van Gogh Museum em Amsterdã começou a disponibilizar para seus visitantes um passeio muito interessante, o Van Gogh Mile. É uma caminhada especial projetada pelo artista Henk Schut, inspirada nas cartas que Vincent trocava com o seu irmão Theo.

Para acompanhar a caminhada, o museu lançou o Van Gogh Mile app. Um aplicativo que leva você aos principais pontos da caminhada, com som ambiente dos lugares e a narração de trechos das cartas do artista como se ele mesmo estivesse falando sobre os pontos.

Ao clicar em cada um dos pontos do passeio, há uma imagem em 360 graus, que junto ao som ambiente e à narração, dão a impressão de que Vincent é o seu guia, então, até mesmo quem não pode ir ao passeio em Amsterdã, passeia com o aplicativo! Não é o máximo?

O aplicativo é grátis e toda a interface e a narração são em inglês. Se o seu inglês não está em dia, tudo bem, não tem em português, eu sei, mas pensa que é melhor em inglês do que em holandês!

As Oliveiras – Van Gogh

Olhando para o quadro “As Oliveiras” (“The Olive Trees”), do Van Gogh, tenho a ligeira impressão de quanto mais surtado ele estava, mais tinta usava para pintar.

Este quadro está na exposição permanente do MoMA, e lá a gente pode fotografar a maioria das obras! Fiz um close do canto esquerdo da tela para vocês visualizarem melhor os detalhes:

Não parece que ele espreme o tubo de tinta direto na tela?

Van Gogh pintou “As Oliveiras” em 1889, um ano antes de sua morte, enquanto esteve internado na clínica Saint-Rémy.

** Este post foi atualizado e postado no meu novo blog, O La Cotovie, entre aqui para ler!

Fotos: Luisa Florim

Inspiração do dia – Primavera

A primavera começa hoje, e para homenagear a nova estação, selecionei três quadros que gosto relacionados ao tema pra gente se inspirar!

Para começar, Van Gogh (sempre ele!) com seu “Almomd Blossom”, super delicado:

Margaret Mee e suas aquarelas liiindas de morrer. Essa é resultado de uma das excursões que ela fez para a Amazônia.

E o estilo colorido e lindo da Beatriz Milhazes!!

Que venham as flores.

Quadro vivo

Imagina estar andando distraidamente pela rua e dar de cara com um quadro gigantesco do Van Gogh só que…. todo feito de plantas!

O dito cujo é o quadro “Campo de Trigo com Ciprestes”  e faz parte de uma iniciativa da National Gallery, em Londres, em parceria com a General Eletrics para diminuir as emissões de carbono da galeria.

Mais de 8 mil mudas de diferentes espécies foram plantadas e vão florescer principalmente entre o final do verão e o início do outono… logo logo o quadro estará completamente formado!

Ideia criativa e ecológica… quero ir pra Londres ver de perto!!

Saiba mais sobre o projeto aqui.

Woody Allen + Van Gogh

Essa semana me deparei com o cartaz do novo filme do Woody Allen, “Meia noite em Paris”:

Eles fizeram uma montagem com o quadro “Noite estrelada”, do Van Gogh, não ficou bacana? Eu sou suspeita para falar porque sou apaixonada por esse quadro…. aliás, sou fã de carteirinha do Van Gogh  então acho bem vinda qualquer referência à sua obra.

O quadro “Noite estrelada”, de Vincent Van Gogh.

O quadro na verdade não retrata o céu de Paris. Van Gogh o pintou no ano de 1889, enquanto esteve internado em uma clínica em Saint-Rémy-de-Provence, no sul da França. Atualmente, ele faz parte da coleção permanente do Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA.

Não sei se o filme é bom, mas o cartaz já me conquistou!

.

Fotos: Reprodução