Tube150: os 150 anos do Metrô de Londres

.
Há 150 anos atrás nascia o metrô de Londres. “The Tube“, para os íntimos, é o sistema de transporte subterrâneo mais antigo do mundo.
.
O London Transport Museum planeja comemorar este marco com uma série de eventos durante o ano de 2013. O Tube150 terá sessões de vídeo, aulas de história, uma exposição da pôsteres exibida nas estações do metrô desde 1863 e até passeios em um dos trens a vapor originais!
.
Confira a programação completa aqui.
.
A exposição Poster Art 150 – London Underground’s Greatest Designs vai exibir 150 dos melhores pôsteres comissionados pelo metrô de Londres, que se tornou um pioneiro em apoiar a “arte em pôsteres” e continua até os dias de hoje.
.
A exposição começou este mês e fica aberta até outubro deste ano na sede do museu, em Covent Garden.
.
Confiram alguns dos pôsteres da mostra:
.

 article-2251067-1698423D000005DC-283_470x751 article-2251067-1698425D000005DC-453_470x774 article-2251067-1698427D000005DC-490_964x595 article-2251067-16984215000005DC-264_470x749 article-2251067-16984224000005DC-527_964x706 article-2251067-16984246000005DC-461_470x813 article-2251067-16984254000005DC-615_470x629 article-2251067-16984285000005DC-950_470x754
.

.

.

.
Links:

Mais pôsteres aqui!

Loja online do London Transport Museum especiamente para o Tube150.

Visitem também o site Art on the Underground, o site oficial de arte do metrô de Londres.

.

.
Serviço:
.
London Transport Museum
Covent Garden Piazza
London, WC2E 7BB (mapa)

Anúncios

Dica – Curso no Louvre

Nem todo mundo tem uma viagem marcada para Paris mas… é sempre bom ter dicas anotadas para quando a oportunidade surgir!

Quando estive em Paris em janeiro do ano passado descobri que a École du Louvre promove todo fim/início de ano, (de novembro a março), um curso público e gratuito!

Toda sexta-feira, das 18:30 às 19:30), rola uma palestra diferente. Esse ano o tema do curso é “Espetáculos Parisienses – da Idade Média aos Anos 60”. Tem aulas sobre as festas organizadas por Louis XIV e Napoleão, óperas, peças teatrais, ballets que marcaram a cidade… ao todo serão 21 aulas.

No ano passado o curso foi sobre jóias francesas, assisti uma das palestras e adorei! Mostrava o acervo de jóias do Louvre e a história de algumas peças. Para assistir é só chegar no anfiteatro Rohan, entrar e sentar. Não precisa se cadastrar, nada. A única coisa que diz no site é que quando os lugares todos forem ocupados, não entra mais ninguém, mas no dia que eu fui tinha algumas pessoas assistindo em pé no fundo da sala (inclusive eu!).

Clique e faça o download do programa do curso 2011/2012

École du Louvre
Anfiteatro Rohan (entrada pelo Carrousel do Louvre)
99, rue de Rivoli, 75001 Paris 
Como chegar:
*Metrô / RER
Linha 1 – Estação Tuileries | Louvre – Rivoli
Linha 7 – Estação Palais-Royal – Musée du Louvre
RER C Musée d’Orsay
*Ônibus
Linhas 68, 69, 39, 48, 95, 72, 24, 27
 

MoMA Design Store

Confesso: sou viciada em lojinhas de museu!!

Infelizmente (ou felizmente, para o meu bolso), aqui no Brasil elas praticamente não existem e/ou são microscópicas se comparadas às lá de fora então, sempre que viajo, os museus – e suas maravilhosas lojinhas – acabam sendo uma parada obrigatória no meu circuito.

A entrada da loja que fica dentro do MoMA (esse guarda-chuva não é pura fofura?!).

A loja do MoMA é especial porque reúne arte e design num só lugar. Lá a gente encontra reporduções de quadros, postais, caderninhos, ímãs fofos, livros, objetos de decoração, utensílios de cozinha… tudo das melhores empresas de design do mundo (inclusive brasileiras!).

O interior da loja

Muitas reproduções!

Além da loja do museu tem também uma loja no Soho de NY, uma no Japão e outra na Coréia!

Loja do MoMA no Soho.

A boa notícia é: a loja online entrega no Brasil!! Mas como toda boa notícia vem acompanhada de uma má… o frete não é dos mais amigos.
.
Algumas coisas bonitinhas que encontrei por lá:
.
.
1. Caderno de anotações do Andy Warhol – $18,95
2. Medidores Matryoshka – $12 o kit com 6
3. Livro Paul Cézanne – $9,95
4. Vaso de flores giz – $40
5. Copos Mondrian – $8,95 cada
6. Masking Tapes japonesas – $30 o kit com 8
7. Reprodução Picasso – entre $25 e $85
8. Porta copos Toast It $10 o kit com 8 (esse é da marca brasileira Oiti e é um dos best sellers do MoMA!)
9. Caixa com 100 cartões Pantone – $19,95
.
MoMA Design Store
11 West 53 Street, NYC
Entre 5th e 6th Avenues
(212) 708-9700
Sábado a Quinta 9:30 a.m. – 6:30 p.m.
Sexta 9:30 a.m. – 9:00 p.m. 
 
Clique aqui para ver endereços e horários das outras filiais.

Dias mais coloridos – Kandinsky

Ontem, ganhei de uma amiga um calendário 2012 com telas do Kandinsky, rei da arte abstrata, e fiquei apaixonada por uma pintura em especial:

Não conheço muito do trabalho dele, mas adorei a mistura de cores e tons. Para quem tem viagem marcada para NY a boa é dar uma passada no museu Guggenheim, que tem um acervo bem grande do pintor Russo! #ficadica

Quero misturar todas essas cores e sair por aí! haha!

 

Passeio em Inhotim

Fim de semana passado fui a Belo Horizonte encontrar uma amiga e realizar um desejo acalentado há algum tempo: conhecer Inhotim!

Galeria True Rouge

Para quem não sabe, Inhotim é um misto de museu e jardim botânico idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados dos anos 80. A propriedade particular  localizada em Brumadinho – MG (cerca de 1h de carro de BH) se transformou no Instituto Inhotim e foi aberta ao público em 2006.

O terreno de 96 hectares, com jardins projetados inicialmente por Burle Marx, hoje abriga mais de 500 obras de artistas contemporâneos nacionais e internacionais como Adriana VarejãoHelio Oiticica e Matthew Barney.

Jardins

Cansou? Pare, descanse e coma uma jaboticaba!

Inhotim é especial porque, além de ter obras especialmente projetadas para lá, o lugar é lindo. Entre uma galeria e outra, você passa por paisagens inspiradoras, lagos cheios de cisnes, canteiros floridos com borboletas azuis voando, passarinhos cantando… é uma loucura!

Galeria Adriana Varejão

Em se tratando de arte contemporânea, muitas vezes a gente olha para uma obra e pensa “Hã???”. Em Inhotim a gente encontra bastante isso, mas também encontra muitas coisas legais e bonitas! No 2º andar da Galeria Adriana Varejão tem um painel de azulejos portugueses que achei bem bonito, e no terraço um banco com desenhos de passarinhos da flora brasileira pintados à mão, muito fofo!

Banco de pássaros na galeria Adriana Varejão

Um dos pontos altos do passeio são as galerias de som! Gostei especialmente da Forty Part Motet, da artista Janet Cardiff. Você passeio por 40 microfones onde, cada um tem gravada a voz de um integrante do coral da Catedral de Salisbury. Eles cantam uma música composta para o aniversário da Rainha Elizabeth 1ª, em 1575, tida como uma das mais complexas obras para coral já feitas. Muito interessante ver as variações de timbre de cada cantor. Dentro das galerias não pode tirar foto, então “roubei” uma do site oficial de Inhotim para vocês terem uma ideia de como é.

Janet Cardiff - Forty Part Motet

O “Som da Terra“de Doug Autkins também é legal. Um microfone que está a cerca de 200 m de profundidade capta os sons de dentro da Terra.  Tinha até gente dormindo dentro dessa galeria, relaxando  e ouvindo os ruídos subterrâneos… rs. Reparem que o vidro das paredes é diferente. Você só consegue ver o que está exatamente à sua frente, o resto fica embaçado.

Som da Terra

A galeria do Matthew Barney é lindinha por fora mas é uma daquelas que se encaixa na categoria “Hã??”- pelo menos para mim. Dentro tem uma árvore de resina sendo carregada por um trator gigantesco.

Galeria Mathew Barney

As bolas de aço de Yayoi Kusama também são interessantes! Elas ficam flutuando sobre um laguinho que fica em cima do Centro Educativo Burle Mrax. Gostei do efeito.

Narcissus Garden - Yayoi Kusama

Close no Narcissus Garden!

Não dá pra conhecer tudo em um dia e isso é só um pedaço do que vi por lá, mas para quem tem pouco tempo indico comprar a pulseirinha para os carrinhos elétricos (custa R$10). Eles levam para as obras mais distantes e te poupam de uma looonga caminhada, otimizando o tempo!

Existem ótimos restaurantes em Inhotim e, perto de cada galeria há pelo menos uma lanchonete, pizzaria ou afim. Eu almocei no Restaurante Tamboril, o buffet sai a R$55 por pessoa, não é barato, mas a comida é ótima! Vale à pena!

Logo na entrada você encontra uma loja de plantas e outra com lembranças de Inhotim e objetos de design, vale dar uma conferida!

INHOTIM
 
Horário de funcionamento
Terça a sexta: 9h30 às 16h30
Sábado, domingo e feriado: 9h30 às 17h30

Valor da entrada
R$ 20,00
Meia-entrada para maiores de 60 anos e estudantes
Entrada gratuita para menores de seis anos.
 
Endereço:
Rua B, 20, Inhotim, Brumadinho, MG, Brasil

De ônibus:
Traslado operado pela empresa Saritur.
Saída Rodoviária de Belo Horizonte (plataforma F2)
 De terça a sexta-feira: saída às 9h00 e retorno às 16h30. 
Nos finais de semana e feriados: saída às 9h00 e retorno às 17h00. 
 

Veja o mapa

Mais informações no site: www.inhotim.org.br

Fotos: Luisa Florim

As Oliveiras – Van Gogh

Olhando para o quadro “As Oliveiras” (“The Olive Trees”), do Van Gogh, tenho a ligeira impressão de quanto mais surtado ele estava, mais tinta usava para pintar.

Este quadro está na exposição permanente do MoMA, e lá a gente pode fotografar a maioria das obras! Fiz um close do canto esquerdo da tela para vocês visualizarem melhor os detalhes:

Não parece que ele espreme o tubo de tinta direto na tela?

Van Gogh pintou “As Oliveiras” em 1889, um ano antes de sua morte, enquanto esteve internado na clínica Saint-Rémy.

** Este post foi atualizado e postado no meu novo blog, O La Cotovie, entre aqui para ler!

Fotos: Luisa Florim

Arte Naif

Hoje é Dia das Crianças e pensando que tipo de arte teria mais a ver com esse dia, a primeira coisa que me veio à cabeça foi: Arte Naif!

Adoro Naif e sempre que vejo um trabalho desse tipo me lembro um pouco de desenhos de criança.

Segundo o site do MIAM – Museu Internacional de Arte Naif do Brasil, os pintores naif (ingênuos ou primitivos) são, em geral autodidatas e sua pintura não é ligada a nenhuma escola ou tendência. Esse tipo de artista pode pintar sem regras, nem constrangimentos. Pode ousar tudo. São os “poetas anarquistas do pincel”.

Dá pra perceber que uma das características desse tipo de pintura são as cores bem vivas, né?

.

MIAM – Museu Internacional de Arte Naif
 
Endereço: Rua Cosme Velho, 561 – Cosme Velho – Rio de Janeiro-RJ – Brasil – CEP 22241-090
Telefone: (5521) 2205-8612 –
email: miam@museunaif.com.br

Quadro vivo

Imagina estar andando distraidamente pela rua e dar de cara com um quadro gigantesco do Van Gogh só que…. todo feito de plantas!

O dito cujo é o quadro “Campo de Trigo com Ciprestes”  e faz parte de uma iniciativa da National Gallery, em Londres, em parceria com a General Eletrics para diminuir as emissões de carbono da galeria.

Mais de 8 mil mudas de diferentes espécies foram plantadas e vão florescer principalmente entre o final do verão e o início do outono… logo logo o quadro estará completamente formado!

Ideia criativa e ecológica… quero ir pra Londres ver de perto!!

Saiba mais sobre o projeto aqui.

Instituto Moreira Salles – RJ

Há algumas semanas atrás tive um tempinho livre e resolvi dar um pulo no Instituto Moreira Salles, só tinha ido lá uma vez, já estava na hora de repetir a dose!

O IMS fica num casarão lindo na Gávea (que pertenceu ao embaixador Walther Moreira Salles), rodeado de árvores e com vista do Cristo Redentor. O projeto paisagístico é do Burle Marx e a visita já vale só pela beleza do lugar!

Obras de Marc Ferrez e Pixinguinha fazem parte da coleção do Instituto, que foi fundado em 1990 e conta com um acervo de cerca de 550 mil fotografias, 100 mil músicas, uma biblioteca com 400 mil itens e uma pinacoteca com mais de três mil obras.

Dentro da casa tem um café e – pasmem! – uma lojinha (coisa rara aqui no Brasil) com caderninhos inspirados nas exposições, livros, reproduções… Só o preço que não é dos mais amigos, a repordução mais barata que encontrei custava uns 80 reais.

Pra não ter desculpa pra não conhecer o IMS, a entrada é franca e tem estacionamento gratuito no local!

Acesse o site do Instituo e veja a programação no Rio, São Paulo e em outras cidades do país e não deixe também de dar uma olhada no blog do IMS!

 
Instituto Moreira Salles – RJ
 
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
CEP 22451-040 – Rio de Janeiro-RJ
Tel.: 21 3284-7400 – Fax: 21 2239-5559
De terça a sexta, das 13h às 20h;
Aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.
Acesso a portadores de necessidades especiais
 
 
Veja o mapa
 
 

Fotos: Luisa Florim