App da Tate Modern: Guia de termos de Arte

Meu museu preferido tem um app super interessante: o Tate Guide to Modern Art Terms.

 

Quantas vezes você já visitou uma exposição e ao ler os créditos de uma obra, ficou com dúvidas sobre alguns dos termos escolhidos para descrevê-la?

 

No guia da Tate Modern você poderá pesquisar por artista, movimento, técnica ou tendência. Dos termos mais básicos aos mais avançados! As explicações são super claras e didáticas.

 

O guia custa $2,99 e é compatível com iPhone, iPod touch e iPad; funciona em inglês. Baixe o app aqui na iTunes Store.

Anúncios

Van Gogh Mile App: um passeio com o artista por Amsterdã

O Van Gogh Museum em Amsterdã começou a disponibilizar para seus visitantes um passeio muito interessante, o Van Gogh Mile. É uma caminhada especial projetada pelo artista Henk Schut, inspirada nas cartas que Vincent trocava com o seu irmão Theo.

Para acompanhar a caminhada, o museu lançou o Van Gogh Mile app. Um aplicativo que leva você aos principais pontos da caminhada, com som ambiente dos lugares e a narração de trechos das cartas do artista como se ele mesmo estivesse falando sobre os pontos.

Ao clicar em cada um dos pontos do passeio, há uma imagem em 360 graus, que junto ao som ambiente e à narração, dão a impressão de que Vincent é o seu guia, então, até mesmo quem não pode ir ao passeio em Amsterdã, passeia com o aplicativo! Não é o máximo?

O aplicativo é grátis e toda a interface e a narração são em inglês. Se o seu inglês não está em dia, tudo bem, não tem em português, eu sei, mas pensa que é melhor em inglês do que em holandês!

Apps de Arte: ARART

O Artelocalizada inaugura hoje o primeiro post de uma série: Apps de Arte para iPad e iPhone.

O ARART é um aplicativo divertido que usa o recurso da realidade aumentada para “animar” pinturas famosas.

A lista de pinturas ainda é pequena, mas incluem a Monalisa e Sunflowers de Van Gogh — e ainda há uma surpresa diferente no final. 🙂

Para testar o aplicativo, basta fazer o download na App Store e apontar o seu iPad ou o seu iPhone para uma das imagens cadastradas no site: http://arart.info/museum/

Para quem ficou, como eu, bastante interessado em realidade aumentada móvel, segue um vídeo de uma exposição no Japão que usou esta tecnologia recentemente:

Espero que tenham curtido o primeiro post da série! Eu e @luflorim vamos atrás dos melhores apps de arte, aguardem.

Fonte: Design Boom